segunda-feira, 28 de junho de 2010

Tereza Salgueiro e Pedro Jóia

"Quando seguimos sozinhos, vamos abrindo caminhos onde às vezes cabem dois"

domingo, 27 de junho de 2010

Celebrar o solstício e o pino do Verão com "O Bando".







O Bando é uma companhia de teatro que mora no Vale dos Barris, em Palmela, plena Serra da Arrábida.

E, nesta noite de lua cheia, este sítio, habitualmente, calmo, com pouco trânsito e pouca gente, transformou-se para assistir a este  "evento único em Vale dos Barris: 13 Companhias europeias de teatro apresentam, em 13 palcos ao ar livre, histórias dos recreios, o que vos dará uma visão sobre a diversidade do trabalho realizado nos diferentes países. A variedade das culturas europeias soprará como a brisa através do vale – e mais de 100 artistas europeus celebrarão um solstício de Verão inesquecível. Deixem-se levar..". in teatro o bando

"Debaixo das oliveiras, 13 artistas plásticos trabalharam durante 3 semanas em Vale dos Barris. Inspiraram-se no encanto da natureza e produziram trabalhos artísticos únicos - todos eles influenciados pela sua própria cultura. Sigam o trilho da diversidade europeia, do poder inovador da arte, do excitante encontro da criatividade com a natureza." in teatro o bando

Questionar-se-ão, porquê falar disso, agora, que já passou? Para  perceberem um pouco o trabalho que O Bando desenvolve, despertando a curiosidade no leitor, que por aqui passa, em saber mais. (clicar no título).

O Pino do Verão

















No entanto, ainda vos quero falar na celebração do  PINO DO VERÂO, que todos os anos se realiza no final de Julho, no Miradouro do Castelo de Palmela. Este ano, dia 30 de Julho pelas 22 horas, "um evento comunitário de grande dimensão que alia a componente teatral ao canto, à música e à poesia de Eugénio de Andrade. Envolvendo Bandas Filarmónicas, Coros e Associações Regionais, para além de diversos actores e cantores líricos, num total de cerca de 300 participantes, o PINO DO VERÃO é  um espectáculo sazonal que se pretende estabelecer pelos ritmos cíclicos das festividades populares. A entrada para o espectáculo PINO DO VERÃO é livre mas quem se quiser sentar deve trazer uma cadeira, quem quiser ver deve trazer uma lanterna e quem não quiser ter frio deve trazer uma manta". in  O Bando: temporada

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Festival ao Largo 2010: dança e música.

A dança e a música  são as formas de arte que caracterizam a 2ª edição do Festival ao Largo, que começa amanhá,  dia 26 e termina dia 27 de Julho, com entrada gratuita. Decorre ao ar livre, no Largo do Teatro Nacional de São Carlos, pequena praça situada no Chiado,  acolhedora e convidativa  para as noites de Verão. Vinte e nove espectáculos animam 29 noites.

A Companhia Nacional de Canto e Dança de Moçambique abrem o festival e a Orquestra Sinfónica Juvenil de Macau encerra-o.

A Companhia Nacional de Bailado tem neste Festival uma forte presença. Não só por isso, mas porque a dança, neste blogue, é um tema em destaque, escolhi Cinco Tangos -  coreografia de Hans van Manem e música de Astor Piazzolla  - dias 20 e 21 de Julho, pelas 22 h 00. 

Lusitânia Ensemble, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra Gulbenkian, Coro do Teatro Nacional de São Carlos são alguns dos representantes da música.  Podemos dizer: um luxo!

Consultar o programa: clicar no título.



Divirtam-se!

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Verão: época de feiras, romarias e praia.

Hoje, dia 21 de Junho, começa o Verão, época de feiras, romarias e praia.
Por estes lados, há muitas feiras e festas; romarias, algumas, porque é terra de pescadores. E praias?! Nem se fala!

Às feiras e festas nunca se falta, principalmente, às cá da terra e arredores. Comer umas bifanas, no famoso "Séninho", passar pelas farturas da "Luisinha", ir ver as loiças e andar, simplesmente, pela feira, onde as pessoas se cruzam e entrecruzam, várias vezes, durante a mesma noite.

Escolhi os Deolinda, para marcar o início desta estação, porque a sua música é festiva, fresca e colorida, como o Verão. Estiveram presentes na Festa das Vindimas do ano passado. E eu também! Outra festa emblemática! A não perder!

E como, hoje, também se festeja o dia Europeu da Música: DEOLINDA.


Divirtam-se neste verão!

sábado, 19 de junho de 2010

Saramago e Pilar: amor e cumplicidade.

"Olharei a tua sombra se não quiseres que te olhe a ti. Quero estar onde estiver a minha sombra, se lá é que estiverem os teus olhos."  Saramago, O Evangelho Segundo Jesus Cristo.

Frase que Pilar del Rio mandou inscrever no vestido que usou na entrega do Nobel.



 "a Pilar que me agarrou pela gola do casaco e não me deixou cair ao poço" [na verdade, o que está escrito no livro é: "A Pilar, que não deixou que eu morresse"], figuradamente é isso." Dedicatória de Saramago, no seu livro A Viagem do Elefante.  in entrevista ao Ípsilon em Novembro de 2008.


"A Pilar que ainda não tinha nascido e tanto tardou a chegar." José Saramago
"Se tivesse morrido aos 63, antes de a conhecer, morreria muito mais velho do que serei quando chegar a minha hora." José Saramago

sexta-feira, 18 de junho de 2010

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Ser permeável

Permeável, Adj. aquele que se deixa influenciar. in Dicionário online de Português

Porque me considero um ser permeável, sempre me deixei influenciar pelas pessoas que entraram, saíram, ficaram e estão na minha vida. E é por essa razão que existem tantas coisas que me animam, alegram e apaixonam, em todas as estações do ano.

Assim, partilho, com quem passa por aqui, este momento de Os Piratas das Caraíbas, filme que vi e revi, vezes sem conta, ao lado de alguém que tinha como ídolos Jack Sparrow e Will  Turner. Simplesmente delicioso!

domingo, 13 de junho de 2010

I believe in Angels de Niksa Svilicic.

Não tenho o hábito de ir ao Festróia. No entanto, a companhia e a disponibilidade de um sábado à tarde levaram-me a ir ao cinema Charlot, sem saber o título, o assunto e a nacionalidade do filme. Ignorância completa! O facto do cinema ser mesmo ali, ao virar da esquina, ajudou. Confesso!

E, surpresa das surpresas! Que belo filme! Acredito em Anjos é uma comédia romântica, cujo segredo está na simplicidade como o seu realizador conta esta história. Para ver o trailer é só clicar no título.

Ouçam a música, também ela, muito bonita e fiquem com os Anjos!

sábado, 12 de junho de 2010

Simplesmente, porque gosto.

















             Fotografia de Ruth Rosengarten in  Tempus Fugit.

terça-feira, 8 de junho de 2010

O que nos alegra e anima nesta primavera.

Aqui, nesta primavera, podemos encontrar Ondjaki, José Eduardo Agualusa, Joana Vasconcelos, o FIMFA, A Sagração da Primavera de Olga Roriz e Luís Tinoco, música e muito mais coisas ... interessantes, sempre! 

Os desenhos de Eduardo Salavisa e Ruth Rosengarten que embelezam de uma forma muito especial este blogue.

E antes que a Primavera termine,  gostaria que partilhassem o que vos alegrou, animou e mesmo apaixonou nesta estação do ano, se for caso disso, claro!














      Belém, "garrafão de ferro forjado de Joana de Vasconcelos".  
     desenho de  eduardo salavisa, desenhos do quotidiano

E a todos os que por aqui passam, por acaso ou não; aos que entram e saem e aos que ficam um pouco; aos que deixam uma mensagem ou não,  gostaria de desejar as boas vindas em As Estações do Ano.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Marionetas em Montemor-o- Novo.

Marionetas!? Outra vez!? Mas isto será um blogue só sobre este tema!?

Não, não é, embora possa parecer. Este tema tem surgido porque as oportunidades de podermos assistir a espectáculos deste tipo, felizmente, têm aparecido. E, como é uma forma de arte que não abunda por aí,  não posso deixar de divulgar o III encontro de marionetas em montemor- o- novo, que vai ter lugar entre 8 e 13 de Junho. (clicar no título)


 Imaginem! Ir ao Alentejo já é bom, quanto mais ver marionetas ...