quarta-feira, 23 de julho de 2014

Verão com pronúncia



Lisboa | Wendy Nazaré en duo avec Pep' s

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Danças do Mundo



Onde se dança, neste verão!

terça-feira, 8 de julho de 2014

Pedro Abrunhosa e Rui Veloso | Coliseu 2011

P

Eu não sei quem te perdeu de Pedro Abrunhosa

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Jorge Nice | Sou Visigodo

Porque todo este blogue é, essencialmente, sobre os afetos ...

J

Jorge Nice em Sou Visigodo

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Que estranha forma de vida | Caetano Veloso




Que estranha forma de vida de Amália Rodrigues (poema) e de Alfredo Marceneiro (música).

A poesia não é filmável e não adianta persegui-la | JCM



Sophia de Mello Breyner de João César Monteiro, 1969

Sophia, Bethânia e Tom Jobim



Terror de te amar
Terror de te amar num sítio tao frágil como o mundo

Mal de te amar neste lugar de imperfeiçao
Onde tudo nos quebra e emudece
Onde tudo nos mente e nos separa.

Que nenhuma estrela queime o teu perfil
Que nenhum deus se lembre do teu nome
Que nem o vento passe onde tu passas.

Para ti eu criarei um dia puro
Livre como o vento e repetido
Como o florir das ondas ordenadas.

Sophia de Mello Breyner Andresen