quinta-feira, 23 de setembro de 2010

O Outono e a celebração do equinócio.

O Outono chega sempre com o calor do verão que, ainda, nos acalenta e aconchega, nos dias que vão ficando cada dia mais pequenos, mais frescos e menos ensolarados.

Ainda é tempo de ir à praia, agora, quase deserta e arriscar um mergulho (o último ?!). Acabar de ler o livro, que ficou a meio, porque, no verão, o sol está muito forte e a vontade de fazer alguma coisa é quase nula. Iniciar um outro, cuja leitura se prolongará até ao Inverno ...

(Usu)fruir das esplanadas de onde se vê o rio, o mar e a serra, a qualquer hora do dia, porque o calor já não aperta e "flâner" no lusco-fusco do final de tarde são as lembranças que eu guardo de outros Outonos.

E para quem celebrou o equinócio do alto do Formosinho, a minha admiração e os meus parabéns! Arrábida, um dos lugares mais belos que eu conheço. Perfeito para festejar a natureza! Com moscatel e tortas de Azeitão. Só lamento não ter estado lá ...



Por O Caos  - Clube de Actividades de Oxigénio e Sol

2 comentários:

Vanessa disse...

O Outono, na minha opinião, tem uma certa magia envolta. Toda a paleta de cores do Outono bem como as mudanças dos dias trazem uma dinâmica especial para mim. É o tempo da mudança. Nunca conseguirei escolher a minha estação do ano favorita!

Sara Oliveira disse...

Nem eu, Vanessa! Cada estação tem a sua beleza particular. E eu também gosto deste tempo de mudança.